IGOR CARNAÚBA: SITUAÇÃO DOS CLUBES DA BAHIA DURANTE A COPA AMÉRICA

IGOR CARNAÚBA: SITUAÇÃO DOS CLUBES DA BAHIA DURANTE A COPA AMÉRICA

A Copa América de 2019 será sediada este ano no Brasil, e, por esse motivo, as duas primeiras divisões do futebol brasileiro passarão por um período de quase um mês sem jogos. Enquanto isso, a bola irá rolar a todo vapor na Série D, provavelmente com os quatro times do estado da Bahia jogando a fase de mata-a-mata.

Nenhum dos quarenta clubes participantes das Séries A e B necessitará mais desse período de pausa do que o Vitória. O Leão ocupa a última posição da segunda divisão, quatro pontos em vinte e quatro disputados. Desde que a Série B começou, o Rubro-negro já trocou de técnico, de presidência e contratou peças novas. Dentro de campo, sem muitas mudanças. Diante do quadro de crise financeira já exposto pelo novo presidente Paulo Carneiro, resta para o Vitória aproveitar bem os trinta dias da pausa para ajustar a equipe de acordo com as novas contratações, algumas acertadas como o caso de Wesley, a fim de escapar da queda para a Série C, já que, historicamente, um time que começa mal a Segundona não consegue sair dessa situação direto para o acesso. O Vitória se encontra a onze pontos do G4, e para encostar neste grupo será indispensável fazer uma excelente campanha até o final do primeiro turno.

Já o Bahia terminará a pausa da Copa América e, antes mesmo de estrear pelo Brasileirão novamente, viajará a Porto Alegre para duelar contra o Grêmio por uma vaga inédita nas semifinais da Copa do Brasil. O Esquadrão está jogando um futebol para passar de fase, inclusive já bateu a equipe de Renato Gaúcho este ano pela Série A. O que se faz necessário é achar um esquema tático para emplacar mais vitórias fora de casa, algo que é raro no histórico do clube desde que voltou a jogar a primeira divisão em 2011. Marcar os três pontos longe de Salvador é fundamental caso o Tricolor finalmente queira ganhar uma competição nacional depois de trinta anos exatos ou conseguir uma vaga na Libertadores pelo Brasileirão, feito que o Bahia bate na trave já há uns dois anos.

Juazeirense, Bahia de Feira, Jacuipense e Fluminense de Feira conseguiram a vaga dentro de campo e iniciarão a segunda fase da Série D neste fim de semana, formato mata-a-mata. Pelo esquema arquitetado após a primeira parte do torneio, somente dois dos quatro times da Bahia poderão conseguir a classificação à Série C ao final. Apenas a equipe de Juazeiro está isolada em uma chave dificílima, e para subir de divisão provavelmente terá que bater agremiações bem experientes como Ituano e Brasiliense. Os outros clubes baianos podem se cruzar nas oitavas e quartas de final, fase do acesso, caso todos consigam passar pela segunda fase, o que é possível devido aos adversários que eles vão enfrentar. É valido destacar que o Bahia de Feira ainda está sob júri pela escalação de jogador irregular, e não irá jogar neste final de semana.