PDT VAI PROCESSAR TÁBATA AMARAL POR VOTO A FAVOR DA REFORMA

PDT VAI PROCESSAR TÁBATA AMARAL POR VOTO A FAVOR DA REFORMA

Um processo interno será aberto na Comissão de Ética do Partido Democrático Trabalhista (PDT), contra oito deputados que votaram a favor do texto base da reforma da Previdência, na quarta-feira (10), contrariando a orientação partidária.

Oito dos 27 parlamentares da sigla — incluindo Tábata Amaral (SP) — divergiram do posicionamento aprovado por maioria do diretório nacional pedetista, crítico ao projeto do governo de Jair Bolsonaro. De acordo com o Globo, o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, será garantido o amplo direito de defesa e a decisão final caberá ao diretório nacional do partido.

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados