JUSTIÇA DETERMINA QUE ALEXANDRE NARDONI VOLTE AO REGIME FECHADO

JUSTIÇA DETERMINA QUE ALEXANDRE NARDONI VOLTE AO REGIME FECHADO

Em São Paulo a Justiça decidiu nesta terça-feira, 13, que Alexandre Alves Nardoni, 41 anos, condenado por matar a filha, voltará ao regime fechado. Alexandre estava no semiaberto desde abril deste ano, com direito a deixar a prisão para trabalhar, retornando só para dormir. Além disso, no semiaberto, o detento tem direito a saídas temporárias em algumas datas comemorativas/ especiais.

A progressão foi cassada de maneira unânime pelos desembargadores Luís Soares de Mello Neto, Euvaldo Chaib e Camilo Léllis, da 4ª Câmara Criminal. O recurso para que ele voltasse ao regime fechado afirmava que ele precisava realizar o teste de Rorschach.

A Justiça decretou que será preciso melhorar o exame criminológico de Nardoni e concordou que ele deve passar pelo teste, conhecido como “teste do borrão”. Nesse exame, a avaliação psicológica é feita através de interpretação de desenhos.