JUSTIÇA SUSPENDE PRISÃO DOMICILIAR DE ROGER ABDELMASSIH POR SUSPEITA DE FRAUDE

JUSTIÇA SUSPENDE PRISÃO DOMICILIAR DE ROGER ABDELMASSIH POR SUSPEITA DE FRAUDE

A Justiça de São Paulo suspendeu a prisão domiciliar do ex-médico Roger Abdelmassih por suspeitar que as declarações de condições de saúde do condenado, que fizeram parte do pedido para que ele pudesse cumprir pena em casa, são fraudulentas. Aos 75 anos, Abdelmassih está em prisão domiciliar desde 2017. Ele foi condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros, as vítimas foram 37 pacientes de sua clínica de reprodução assistida.

Segundo informações do G1, o mandato de prisão foi expedido na última segunda-feira, 12, e a polícia teria ido até a residência do ex-médico para cumpri-lo. O mandado determina que Abdelmassih fique ao menos 30 dias preso em um hospital penitenciário, onde deve passar por uma perícia judicial.

 

 

 

 

foto de 2017 (Reprodução/TV Globo)