COMISSÃO NA AL-BA DISCUTIRÁ PREJUÍZOS CAUSADOS À BAHIA COM A SAÍDA DA PETROBRAS DO ESTADO

COMISSÃO NA AL-BA DISCUTIRÁ PREJUÍZOS CAUSADOS À BAHIA COM A SAÍDA DA PETROBRAS DO ESTADO

A Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou nesta terça-feira, 10, a realização da Audiência Pública para discutir os impactos que serão causados ao estado com o encerramento das atividades da Petrobras.

O aviso da possível saída da Petrobras na Bahia foi dado pelo Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro/BA) na semana passada. O encontro no Parlamento, que contará com a participação de parlamentares estaduais, federais, senadores e representantes dos trabalhadores da estatal, será no próximo dia 23 de setembro, às 9h, no Auditório Jornalista Jorge Calmon.

Para o líder do Governo Rui Costa na Alba, deputado Rosemberg Pinto (PT), é preciso iniciar o mais rápido possível uma forte mobilização tanto estadual quanto nacional porque, dentre os estados do Nordeste, a Bahia será um dos estados mais prejudicados com o encerramento das atividades da estatal brasileira.

“Enquanto em outros países, as áreas de energia estão sobre o controle do Estado, aqui, o governo Bolsonaro quer entregar tudo à iniciativa privada. E o Nordeste, que Bolsonaro tem pavor, é o mais frágil. Se vender a Transpetro, Petrobras Distribuidora, RLAM, Fafen, o que sobrará para a Bahia? Nada!”, alertou o petista.